• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin

VMware – Virtualize-se

Uns anos atrás eu tinha ouvido falar do vmware, na epoca era a ferramenta que a galera usava para rodar o Windows dentro do Linux.

O VMware é uma maquina virtual, um software criado com a capacidade de emular uma maquina, sendo assim capaz de se instalar um sistema operacional dentro de outro sistema operacional.
Com o tempo eu também conheci outros softwares de maquina virtual, como o Bochs, Virtual PC e o QEMU.
O VirtualPC foi comprado pela Microsoft, e era o mais simples de se utilizar em conjunto com o Windows.

Na minha viagem para Fortaleza, para o Morphus Weekend, eu tive a chance de conhecer mais a fundo o VMware, onde um represetante da VMware mostrava como o VMware tinha crescido e qual mercado ele está atuando hoje em dia.

Antes eu tinha a ideia de virtualização uma coisa mais usada para desenvolvimento ou uso doméstico, mas agora vejo que o mercado de virtualização está mesmo para distribuição de recursos, alta disponibilidade e segurança de serviços em produção.

O VMware possui diversos pacotes diferentes, que vai da solução para o desenvoldor até a solução para virtualização de servidores. Eu peguei algumas das versões para testar e analizar, umas eu tive sucesso, outras eu quebrei a cabeça para rodar em uma maquina workstation.

As três versões que eu peguei para testar foram:
1. VMware Server
2. VMware Workstation
3. VMware ESX Server

1. VMware Server

A versão server é a mais conhecida e utilizada pela comunidade, ela é gratuita e suporta qualquer Sistema Operacional padrão x86,  pode ser gerenciado pelo VMware virtual center, tem suporte para 1 ou 2 processadores, sistema operacionais de 64 bits, e roda as maquinas virtuais como serviço (Background).

Essa versão é ideal para quem precisa de uma solução barata de virtualização, Eu estou no momento rodando em um Athlon 64 3200+ com 2GB Ram, um windows XP + VMWare com 3 Maquinas virtuais (Linux Slackware 12.1, Linux Slackware 12.1 e Windows 2008 server).
Ligando as 3 Maquinas fica impossivel trabalhar, porem eu so uso o Windows 2008 para testes e uma maquina Linux eu tambem só ligo para testes. Ligado o tempo todo mesmo somente uma maquina Linux. Mas da para deixar até 3 Linux (sem interface gráfica) rodando em background o problema mesmo e o windows 2008

2. VMware Workstation

Essa é uma versão mais completa, porém e diferente da versão Server. Essa versão é voltada mais para desenvolvedores, ela possui diversos recursos de copiar maquina, fazer cópia, mover maquinas, não possui limitação de processadores, porém é PAGO.

A workstation tem muito mais recursos que a server, por ser pago tem que ser né? Porém a workstation não roda as maquinas como serviço (pelo o que eu entendi) então para rodar maquinas em produção a server ainda é melhor (e gratis).

Existe uma tabela aqui comparando Workstation com a Server
http://www.virtualization.info/lab/VMwareWKS60_vs_VMwareSVR10.pdf

3. VMware ESX Server

Agora imagine, você quer rodar uma maquina virtual, quer alta disponibilidade, não quer ter um Sistema Operacional primario para rodar as maquinas. Bom essa é a solução da VMware, o ESX Server. O ESX é um sistema operacional voltado para rodar maquinas virtuais, ele dedica 100% dos recursos da maquina para as maquinas virtuais.
Em performance o ESX ganha disparado das outras versões, a server por exemplo veja um gráfico comparando:
http://blogs.vmware.com/photos/uncategorized/2007/03/29/esxvsserverslide.jpg

O ESX contem todos os recursos que os outros produtos tem, eu peguei uma versão trial dele porem não tive sucesso de instalar, percebi que o suporte deles é voltado mesmo para o mercado corporativo. Mas isso não será uma barreira de conhecer o software, já que no novo Cluster do ITEC iremos usar ESX em 4 servidores (licenciados).
Na tentativa de instalar na minha maquina, o ESX deu trabalho para instalar, mas não rodou, pelo o que eu entendi no forum do VMWare e um problema com suporte a controladoras SATA. Percebi tambem reinando que o ESX nada mais é que um Linux, isso mesmo um Linux porém ele roda o VMkernel logo após o inicio, ele vinha tambem com o Kernel-source do Linux, mas não adiantar muito eu mexer, pois eu teria que por o suporte no VMkernel.

Bom fica aqui a dica para quem não sabe, e quem gostaria de testar, baixe já o VMware server é gratis é facil de mexer e não é pesado, economize em hardware e distribua melhor os recursos de sua estrutura.
http://www.vmware.com/download/server/

2 Responses so far.

  1. jeter dos santos campos says:

    Firefox 3.0.1 Windows XP

    muito bom seu artigo bem claro e objetivo !

    mas gostaria se posivel que vc me tirasse uma duvida !

    o vmware pode ser instalado em um atlon 64 e sumular um hardwuare de 32 bits para instalá o window xp ?

    se posivel me mande um e-mail ” jetercampos@hotmail.com ! desde já obrigado !

  2. Thiago Melo says:

    Firefox 3.0.1 Windows XP

    Sim pode, so não pode o contrario, aqui eu tenho o ESX rodando em um XEON Quad Core 64Bits e nele rodando 8 maquinas com Slackware 32bits.


pfSense 2.0 e...

Ano passado eu tentei me aventurar a configurar um servidor ...

GVT TV ...

A GVT está lançando seu novo produto, Televisão por Assinatura ...

Novo Blog, quem...

Hoje resolvi voltar a postar no blog, aproveitei para trocar ...

FlashPlayer no Snep,...

Esses dias pediram para eu ouvir umas ligações, e era ...

VMware vCenter Converter...

Esses dias chegou um servidor novo aqui na empresa, um ...

Ultimo post de...

Bom esta semana final de 2010 eu estava aqui de ...

Migração do Voip...

Bom quando terminou a migração eu fiquei direto na empresa ...

Asterisk com Snep...

A tempos venho comentando sobre Asterisk e Snep aqui no ...

Implementações na Radiologia

Estou fazendo implementações de novos sistemas na Radiologia, o primeiro ...

FISL 11 –...

Opa dia 2 do FISL foi ontem lol. Mas não ...